quarta-feira, 6 de maio de 2009

Sketchbook 7 - Moleskine-like

Ter um caderninho Moleskine sempre um dos meus sonhos de consumo, no mesmo nível e intensidade do sonho de ter uma Cintiq. Como era caro e difícil de comprar, sempre acabei adiando sua aquisição. Dia desses, estava vendo a nova Saraiva megastore do Pátio Brasil, que substituiu a Siciliano, quando me deparei com este caderninho clone do Moleskine, feito pela Cícero, em tamanho 9x13 cm, em papel pólen 90g, perfeito para carregar no bolso. Nem precisa dizer que o comprei e tenho feito bom uso dele desde então e o recomendo enfaticamente aos aficionados de esboços rápidos.






Dois momentos. Bárbara de perna engessada (não, o saci não se parece com ela), depois de um acidente com bicicleta e o painel do meu carro, dirigido pela Ana.




No alto, meu sobrinho Gabriel, na festa de aniversário de outra sobrinha, Ludmila. Embaixo, mesa bagunçada em restaurante.


Outro registro de restaurante.


Sala de espera de dentista.


Feito enquanto esperava minha filha na escola.


Era para ser o Murilo. Pena que não pareceu muito. Esboço rápido no Beirute da Asa Sul.


Viajando de Zebrinha, como são chamados os ônibus listrados da Viplan.


Tapiocaria em Alto Paraíso


Alto Paraíso, praça com pista de skate, à noite. Fazia frio e um nevoeiro cobria a cidade.


Metalinguagem – Enquanto chovia, sem nada para fazer, retratando minhas pernas e o sktechbook.


Um café simpático em Cavalcante (Café Aluá), sob forte chuva, Ana lendo revista.


Um gato pidão em um restaurante de Vila São Jorge


Uma árvore imponente em São Jorge, depois de quase uma hora de caminhada sob sol escaldante.


De novo esperando a Bruna na escola.


Vovozinha pensativa agurada o atendimento preferencial no BRB.


Noite sofrida em hospital, acompanhando Bruninha.


Ainda no hospital, esperando o Raio X