sexta-feira, 6 de março de 2009

Sketchbooks



As pessoas que desenham tem, entre outras manias, a de rabiscar em qualquer coisa que apareça, desde guardanapos em mesa de botequim a paredes. Para evitar isso, a solução é andar com um caderno de esboços, o famoso sketchbook, que nunca esteve tão na moda. Atualmente estou usando seis deles, de formatos variados. Dois foram produzidos de forma caseira, artesanal (um por mim mesmo, outro pelo meu grande amigo Zé Alves). O resto foi adquirido nas papelarias depois de uma exaustiva busca.
Nas próximas postagens, mostrarei os desenhos. Vale acrescentar que os cadernos ainda estão em progresso, com muitas folhas em branco.